Treinando com Diego Forlán – O blog de fitness

No passado dia 8 de outubro eu desliguei a foto das botas de um jogador de futebol, tal como disseram, Edu e javi são de Forlán. Aproveito…

mh98No passado dia 8 de outubro eu desliguei a foto das botas de um jogador de futebol, tal como disseram, Edu e javi são de Forlán.

Aproveito a “informalidade” que me dá o blog para concluir com uma visão mais pessoal a reportagem da revista, Treinando com Diego Forlán.

Eu Nunca tinha feito a seção com um jogador de futebol, e era algo que me fazia muita ilusão, embora reconheço que me dava um pouco de respeito, pois todos sabemos que o futebol tem muito mais impacto do que qualquer outro esporte. Além disso, o fato de que fora Forlán também me parecia difícil, pois é um tipo de semblante sério, o que não vemos prodigarse muito na mídia. Mas por outro lado sempre me chamou a atenção sua parede abdominal, e a curiosidade sempre vence.

Nada mais chegar à cidade esportiva do Atlético de Madrid, ele já estava nos esperando, o que não é muito frequente, e com um sorriso se apresentou. Desde o início, se mostrou muito colaborador com as fotos e com tudo, mas como um bom jogador de futebol, não se saía do travessão, falou de sua formação, sem dar muitos detalhes.

Mas três horas dão muito, assim que estávamos falando de vários temas, e em que saiu o tema da capa de Paulo Moto (não sei por que, mas sempre sai este tema) e se deu conta de que eu o treinei, começou a me contar seus exercícios na sala de musculação com mais detalhe. Em todo momento me deixou muito claro que tudo o fazia sob a supervisão de Oscar Pitillas, a recuperação e o preparador físico da equipe, e casualidades da vida, meu companheiro de classe no Inef. Então me contou com mais detalhe do que gosta de treinar na academia de sua casa todas as tardes que pode e que isso lhe dá velocidade de reação e lhe diminui o risco de lesões. Eu estava contando todos os aparelhos, e todos os exercícios que faz.

E que, embora seu motivo para treinar, seja o desempenho, mas também gosta, como nós, se sentir bem com sua aparência. E é que, no final, não importa quem você seja, o que tiver ou a fama que te acompanhe, como não se o curres tu, ninguém pode fazer isso por ti.

Quero agradecer a Diego Forlán, por ter se portado tão bem conosco, e desde então eu amei verificar que é uma pessoa adorável, e tão humilde e trabalhador como pode ser você ou eu possa ser eu.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *