São Paulo Trek 12 Wild Wolf Séries

Sempre me gostou das provas de resistência. Por sua parte física, por seu componente mental, porque cada qual pode ir no seu ritmo, porque…

Sempre me gostou das provas de resistência. Por sua parte física, por seu componente mental, porque cada qual pode ir no seu ritmo, porque dá tempo de rir, de sofrer, de compartilhar, de se recuperar, de cair, de ir, de reparar, de se ajudarem… De um tempo a esta parte, me atraem especialmente as provas que não se trata apenas de rolar e rolar até não poder mais. Sobre uma mountain bike, em uma corrida de 12 horas, tem que saber passar, prestar atenção, guardar forças para a descida, traçar uma estratégia, aprender a passar alguns segundos, se alimentar corretamente… E você tem que pilotar. Há que manter a moto no melhor estado possível, bem como os braços, as mãos, os reflexos… nem sempre os fãs de mountain bike, que podemos desfrutar de um circuito tão cuidadosamente desenhado para garantir ao mesmo tempo o prazer e a segurança dos participantes em uma corrida de resistência. Porque é disso que se trata: de desfrutar. Encontrar o equilíbrio não é fácil, mas pelo o que vimos neste sábado, sim, é possível.

O siberiano fim-de-semana passado foi realizada a primeira prova do novo Open de Resistência em Mountain Bike Trek 12 Wild Wolf Séries. Viajamos até são paulo (Sevilha) em plena onda de frio para medirnos com um circuito muito poderoso, de 13,5 km e 320 metros de desnível por volta, o que resultou tão exigente como esplêndido em emoções. Não era muito difícil, mas tenha chamado a atenção em todo o momento, pois se desenvolvia em 90% por trilhas ou caminhos estreitos, entre pinheiros, rochas de todos os tamanhos, degraus naturais, curvas e outras opções perfeitos…

Do fim-de-semana eu fico com um sem fim de momentos, mas acima de tudo, com a chegada à meta por parte de Jaime Ribose e Iñaki Miravalles (3º e 2º classificados, respectivamente, na categoria individual), juntos, de mãos dadas. É o verdadeiro espírito da corrida. Parabéns a todos eles e elas, e também para os organizadores, e claro, cerca de uma centena de voluntários que tornaram possível um dia memorável de puro mountain bike.

A próxima prova é em Penafiel (Valladolid) a 3 de março de 2012. Lá vos esperamos!!!

Mais informações, inscrições: Trek 12 Wild Wolf Séries.

Comentários FacebookSergio Fernández TolosaEscrito por Sergio Fernández Tolosa

Jornalista, aventureiro, escritor & “bunda de mau lugar”. Barcelona, estabeleceu-se no bairro de Gràcia, mas nômade por natureza. 42 anos. Gosta de ler, correr, pedalar em todos os lugares, subir montanhas, olhar mapas, realizar as viagens que sonha… A aventura que mudou sua vida? Atravessar de bicicleta, e na paciência os sete desertos maiores e mais emblemáticos do mundo: Austrália, Atacama, Mojave, Namibe, Kalahari, Gobi e do Sahara. Pedaleó 30.000 km durante quatro anos e aprendeu que os desertos são mais do que lugares vazios e planícies inertes. Todas as suas peripécias aparecem no livro 7 desertos com um par de rodas, com mais de 200 fotografias que ele mesmo fez durante as sete expedições. Este blog que começou quando ele se preparava para participar da Titan Desert compartilhando tandem com o castelhano. Superado o desafio, surgiu um outro, e depois outro, e mais outro… e aqui ela nos conta. Seu web site pessoal é www.conunparderuedas.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *