Jogue com as repetições para maximizar resultados

Dependendo da intensidade do estímulo que forneça ao organismo, a adaptação produzida é diferente. entendendo o estímulo como a porcentagem em relação ao peso…

, Dependendo da intensidade do estímulo que forneça ao organismo, a adaptação produzida é diferente. entendendo o estímulo como a porcentagem em relação ao peso máximo que serias capaz de ser utilizado para uma única repetição, ou o número máximo de repetições que serias capaz de fazer com um determinado peso.

Seja como for, o organismo tem uma capacidade bastante desenvolvida para se adaptar a um determinado estímulo, alcançando o início do impasse relativamente cedo. Por esta razão, é fundamental saber identificar este ponto para modificar o estímulo, talvez até mesmo antes de ter conseguido a maior adaptação possível, com o objetivo de progredir mais rápido e que o treinamento não cair na monotonia.

Isso pode parecer um detalhe banal, mas, de acordo com a minha experiência, em muitos casos, propicia que um atleta mantenha a longo prazo, a determinação que os objetivos realmente ambiciosos exigem.

Nesse sentido, observei que a maioria de meus clientes obtêm a maior parte de progressão em um treinamento de força durante as três primeiras semanas submetido a um determinado plano de formação, sendo de seis semanas em um plano de hipertrofia.

Um sistema de treinamento que eu gosto particularmente, é trabalhar uma mesma distribuição de exercícios por dois dias da semana. No caso de que o total de exercícios são divididos em duas distribuições diferentes, evidentemente, precisamos de 4 dias de treino semanais.

Durante a primeira semana, vamos escolher um peso que nos permita fazer entre 6 e 8 repetições, de forma que a intensidade não é suficiente alta para lesionarnos e, além disso, permite-nos garantir uma certa técnica.

Durante a segunda semana, vamos aumentar a perda de peso e, portanto, a intensidade, descendo a 5-7 repetições e, por último, a última semana voltaremos a aumentar de peso, mas descer a 4-6 repetições.

Passado essas três semanas permitiria evoluir o treino mantendo o objetivo, pode até repetir esse mesmo sistema, mas mudando os exercícios, ou mudaremos o objetivo de forma que também teria que alterar a intensidade ergo intervalo de repetições.

É importante ter em conta que nem todos temos a mesma capacidade de adaptação a um determinado estímulo, de forma que terá que obter uma determinada adaptação antes do esperado, e haverá quem possa pensar o contrário. Podemos estabelecer uma margem de +/- 50% em relação ao número de exercícios comentados anteriormente. A chave reside em provar, ensaiar, e tentar conhecer-se a si mesmo.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *