As chaves para escolher o melhor treinador pessoal

Chaves para escolher o seu treinador pessoal:

treinador pessoalTalvez você está aproveitando o verão para contratar um treinador pessoal. É uma boa iniciativa, tanto se o que você pensou para agora ou para mais tarde. Infelizmente, esta profissão é regulamentada no Brasil, e, por conseguinte, existe um grande intromissão profissional. Ou seja, quase qualquer pessoa pode exercer. Mas, o que deve ter um bom profissional? Eu recomendo que você leia os seguintes 10 pontos:

1) Um bom treinador pessoal que não sabe de tudo.

O corpo humano abrange muito conhecimento, portanto, não se pode saber de tudo. Portanto, um bom profissional não pode prescribirte a dieta, olhando um joelho se dói, recomendar um fármaco para encontrar-te melhor e preescribirte o exercício físico ao mesmo tempo. Um bom profissional trabalha de forma holística (integral), no grupo multidisciplinar. Um bom profissional deriva e tem conhecimento suficiente para fazê-lo. Portanto, um bom personal trainer, se você sentir-se mal, se encaminhada ao médico, se você tiver uma lesão, se encaminhada ao fisioterapeuta ou traumatólogo, se você não sabe como alimentarte te encaminhada ao nutricionista-nutricionista, se você está passando uma downswing pessoal te encaminhada ao psicólogo, etc, etc, etc.

2) Um bom treinador pessoal está formado

Em uma ampla base teórica e prática às ciências da atividade física e do esporte, com sua titulação adequada. Um bom personal trainer tem experiência profissional na consecução do objetivo que persegues.

3) Um bom treinador pessoal no campo da saúde orienta para o seu objetivo

Isso sim, sem esquecer os objetivos universais para qualquer pessoa:

– Reduzir a freqüência cardíaca de repouso, aumentando a frequência cardíaca de reserva (diferença entre a freqüência cardíaca máxima e de repouso). Durante o treinamento vai melhorar este aspecto, mas será um cardiologista ou médico desportivo que avaliará sua melhoria neste aspecto através de um eletrocardiograma e prova de esforço.

– Em muitos casos, reduzir os níveis de colesterol LDL (o de baixa densidade, o mal, para que nos entendamos), mediante o exercício físico. Quem irá avaliar a melhora será um médico avaliando os diferentes parâmetros derivados de se fazer uma análise de sangue geral.

– Baixe o percentual de gordura e aumentar o % de massa muscular. Quem costuma avaliar a melhoria deste aspecto é um/a nutricionista usando as técnicas antropométricas adequadas. Além disso, toma decisões, os hábitos de alimentação no caso concreto. Um personal trainer pode ver se o seu percentual de gordura caiu ou não, mas então, quais ações tomará a respeito, mas tem as competências adequadas?

– Melhorar as 4 qualidades físicas básicas (Força, Flexibilidade, Resistência e Velocidade), com os testes adequados. Aqui se mede o avanço do personal trainer.

No final, como se vê, muitos objetivos, não todos, podem ser tangíveis (mensuráveis). E um bom personal trainer trabalhando em grupo multidisicplinar o fará, para que sejas consciente de que a sua iniciativa para melhorar a sua saúde dá resultados, manter motivado e continue com esses hábitos por toda a vida.

4)O personal trainer de qualidade irá dizer-lhe se o seu objetivo é realista ou não

E, se o é, com a sua ajuda (se você não quiser mudar realmente é impossível), você vai conseguir.

5) Um bom profissional, deve ser motivador e incentivarte em sua melhora nos treinos e fora deles.

Um treinador pessoal deve se preocupar em ter um bom negócio com você, mas não tem porque ser o cara mais bonito e simpático do mundo que cede a tudo o que você diz. Ao final, um bom personal trainer é um profissional de saúde, que se preocupa e apaixonado pela melhoria da qualidade física das pessoas. Talvez um menino/a bonito/simpático/a pode ser muito motivante para você, mas lembre-se que sua saúde está em suas mãos. Com isso não quero dizer que não tenha formadores bonitos simpáticos/as e que, além disso, tenham as competências adequadas, claro que sim, como em todas as profissões, mas não se deixe levar só por isso. Pergunte sobre sua formação e experiência. Sua saúde está em suas mãos, repito e insisto.

6) Um bom profissional pregação com o exemplo

Não só treinando, que também, se você não se alimentar adequadamente, descansando como deveria, etc. Está relacionada, ainda em formação, reciclagem (move sua mente), desligue e há outras coisas para além de exercício (não é obcecado pela estética, sim, é um apaixonado da saúde através do exercício físico e do desporto), treina, não fuma ou tem outros hábitos nocivos para a sua saúde.

7) Um bom personal trainer planeje e programe seu treino

Durante todo o processo que irá morar com ele e te aconselhar sobre como continuar depois, seja sozinho ou acompanhado de outra pessoa. Um bom treinador não se guarda nada nos bastidores para alongar o processo de treinamento que precisa e vá pagando por toda a vida. Um personal trainer dá-lhe tudo o que sabe e, no momento em que não se puder fazer mais, te dizer e se derivará um colega ou te dizer que já sabe como fazê-lo. Outra coisa é que a pessoa possa seguir economicamente com você e ainda gosta de fazê-lo pelas razões que sejam. Lembro-me de uma planificação rígida não é um bom planejamento, mas sem planejamento você está perdido. Sempre deve haver uma guia, embora, ao final, o que pode acabar fazendo com que seja diferente do que havia planejado inicialmente.

8) Um profissional do treino não se vende pastilhas de qualquer tipo.

Os comprimidos são comprados em farmácias sob prescrição médica, não um treinador pessoal.

9) Um bom profissional que mantém uma estrita confidencialidade sobre tudo o comentado na sessão.

Ao final, é um profissional de saúde, e é ilegal transmitir qualquer tipo de informação sobre você. Além disso, se contratar um personal trainer em uma academia, os dados recolhidos devem ser guardados em um armário trancado. E se é por via digital, você terá uma senha especial para ti, à vista dos profissionais envolvidos e ninguém mais.

10) Um bom profissional do personal cumpre com todos os pontos que valoriza qualquer cliente em qualquer tipo de serviço

Higiene, a bondade, a escuta activa, a paixão por seu trabalho, pontualidade, etc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *